Categoria: Tutoriais

Geração de Buffer 5

Como criar um Buffer no gvSIG

Este tutorial faz parte de uma série que tem por objetivo explicar como realizar análises espaciais com os diversos operadores espaciais disponíveis no gvSIG. Neste primeiro momento iremos fazer uma análise prática com o uso da operação que envolve a geração de buffer.

4

Geoprocessamento: Mercado de Trabalho

O Geoprocessamento vem conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. O que se espera dos considerados “profissionais bem preparados” para este mercado? Há muitas oportunidades? Assista dois vídeos que tratam destes temas tão importantes: Geotecnologias e emprego!

Mapas Tematicos Alov Map 0

Criação de Mapas Temáticos com Alov Map

Este é o segundo tutorial sobre o desenvolvimento de webmapping com o ALOV Map. Agora iremos aprender como gerar mapas temáticos simples com o uso desta ferramenta. Serão utilizados para esse procedimento um shapefile com a divisão municipal do estado da Paraíba (Brasil) e o SciTE (Um editor de texto útil para a manipulação de linguagens computacionais).

0

Edição Básica de Shapefiles no gvSIG – Parte 2

No tutorial anterior tivemos uma breve, mas importante introdução à edição de arquivos vetoriais do tipo ​shapefile ​no programa gvSIG. Vimos até aqui como criar, apagar e renomear colunas, ou seja, campos de nossa tabela de atributos. Agora vamos aprender como inserir dados na tabela de atributos e como eliminar de forma permanente entidades gráficas.

Curso Online de gvSIG 2

Curso Online Gratuito de gvSIG

O gvSIG está hoje entre os softwares livres para SIG mais utlizados no mundo. Gostaria de aprender a trabalhar com este programa de Geoprocessamento? Está disponível um curso online gratuito de ao uso do gvSIG. O material foi desenvolvido por alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG).

Criar Aplicação Webmapping com Alov Map 0

Criar Aplicação Webmapping com Alov Map

O ALOV Map é uma aplicação construída usando-se a linguagem Java que permite visualizar mapas tanto em formato vetorial do tipo shapefile (*.shp) como também raster através da internet, com qualidade bastante satisfatória. Veremos nesse tutorial como montar uma aplicação básica com arquivos em formato vetorial.