Extensão Sextante para Quantum GIS

Cursos de Linux - 100% Online

66 Responses

  1. Marcela disse:

    Boa tarde Anderson. Tentei instalar o sextante, mas pra mim só aparece um sextante LWGEOM Provider que é experimental, então não dá certo. Tem alguma outra forma? Obrigada

    • Marcela, qual sua versão do QGIS?
      A partir da versão 2.0 o Sextante deixou de ser plugin e já vem nativo no programa. Você pode acessar pelo menu Processamento.
      Abraço!

      • Marcela disse:

        Boa tarde! Obrigada pela ajuda! Meu Qgis é 2.0.
        Uma outra dúvida, preciso fazer um mapa de declividade e na hora de reclassificar (usando reclass), quando coloco pra gerar ele dá o seguinte erro: Erro Phyton

        Um erro ocorreu enquanto executava o seguinte código Python:

        Você pode me ajudar? Obrigada

        • Marcela,
          Parece ser um problema na instalação do QGIS. Você fez ela do modo completo ou básico?
          Abraço!

          • Marcela disse:

            Agora você me pegou Anderson. Não sei te responder, mas eu peguei a instalação no site do Qgis. É necessário desinstalar e instalar novamente?

          • Marcela,
            Veja este link: http://bit.ly/1qXdtHK
            Não deixe de ver o vídeo.
            Abraço!

  2. Anderson Marinho da Silva disse:

    Olá Anderson, como vai?

    Estou tentando instalar o plugin SEXTANTE, porém vejo que no site dos plugins ele aparece como OBSOLETO.
    Você sabe me dizer se está temporariamente indisponível?

    O QGis que estou usando é o 2.2, quando instalo um desses do site, ele não roda pois informa que está em uma versão inferior ao do QGis instalado.

    Há uma saída?

    Tudo isso porque eu quero tirar uma declividade de um rio, pelo raster no programa, e usando o plugin Profile Tool estou tendo dificuldades, pois a tabela que ele gera não fala o que é. Só dá para saber que um deles são as cotas, agora o outro tenho dúvidas se é a declividade entre cotas, ou distância, não fala também a unidade que isso está.

    Agradeço sua atenção, e fico no aguardo.
    Abraço

    Anderson Marinho

    • Oi Anderson, como vai?
      A partir da versão 2.0 do QGIS o nome da extensão Sextante mudou.
      Todas suas funcionalidades já vem de forma nativa, não é necessário fazer instalação.
      Tudo está disponível no menu PROCESSAMENTO.
      Abraço!

      • Anderson Marinho da Silva disse:

        Hum, entendi.

        Teria que identificar os comandos na caixa de ferramentas do processamento.

        Vou pesquisar os comandos que me são úteis.

        Obrigado pela resposta Anderson.
        Abraços

  3. fred disse:

    Não consigo config o saga nem no linux e no Win, alguém se aventura a me ajudar? Abraços

  4. jose roberto disse:

    Anderson bom dia
    Muito proveitoso teu blog sobre o qgis, parabens pela oportunidade de nos trazer conhecimentos, sobre este maravilhoso tema GIS.
    Estou iniciando os conhecimentos de GIS para aplicar na topografia, instalando o qgis, deparei com uma enorme gama de aplicativos a serem instalados dentro do programa. Teria como voce orientar apenas as ferramentas a serem instaladas para aplicação em topografia, talvez instalando tudo só vai pesar o programa, tendo ferramentas que não irei utilizar nunca.
    abç
    Jose Roberto

  5. Andre disse:

    Bom dia,
    Pelo que andei lendo, através das ferramentas disponibilizadas no sextante é possível realizar, a partir de imagens SRTM, a delimitação de bacias hidrográficas, além da realização de outras análise hidrológicas. Estou a procura de tutoriais e manuais sobre este assunto, se alguém conhecer algum e puder indicar, agradeço muito. Não consegui avançar muito com os materiais que encontrei na web até o momento. Abraço.

  6. Carlos Alberto Ribeiro disse:

    Anderson como funciona isso no Linux????

    • Carlos, a instalação e uso é da mesma forma que no Windows. O que muda é a configuração dos diretórios para que se possa usar o Saga e demais algorítimos. Abraço!

  7. Felipe Dantas disse:

    A mensagem que aparece é a mesma: “O complemento parece ser inválido ou tem dependências nao preenchidas. Ele pode estar instalado, mas não foi carregado. O complemento está quebrado. Python disse: 123″. Eu ja removi totalmente e instalei de novo, ja desinstalei o programa e instalei novamente, mas mesmo assim, ainda continua a mesma mensagem. :/

    • Felipe Dantas disse:

      não entendo, na versão 1.7.0 do QGIS, o pluguin funciona bacana, mas já qdo instalo o 1.7.4, ele dá o erro que mencionei anteriormente. Me diz uma coisa: A versao mais atual do quantumgis ele é 32 ou 64 bits ? abraço

  8. Felipe Dantas disse:

    Anderson, eu instalei aqui o repositorio do sextante na versao 1.7.4 do qgis, mas qdo tento instalar o pluguin sextante, aparece uma mensagem dizendo que o complemento está quebrado, Python: 123. Se você ja tiver conhecimento desse problema ou outro amigo e se vc puder me ajudar, agradeço desde já.
    abraço !

    • Felipe,
      Veja os comentários que o Sidney, do blog GeoSaber fez sobre esse problema:
      http://groups.google.com/group/qgisbrasil/browse_thread/thread/e2851883ce6f82f1?pli=1
      Forte abraço!

      • Felipe Dantas disse:

        Pois é, Anderson, pelo o que eu entendi, ele desinstalou o repositório do sextante e reinstalou novamente e instalou o pluguin do Sextante, certo !? Porem ele não mencionou se o pluguin funcionou !
        Fiz aqui o procedimento de desinstalar e instalar o repositório novamente e instalar o pluguin, mas mesmo assim ainda aparece a mensagem de erro.

        • Comigo aconteceu esse problema em uma das máquinas onde instalei o plugin, mas removendo totalmente e instalando denovo deu certo. Como aparece a mensagem Felipe?
          Abraço!

  9. Pedro Ferreira disse:

    Boa tarde Anderson,
    Desde que o SEXTANTE ficou disponível que o tenho instalado no meu QGIS. Mas para dizer a verdade, ainda está muiiiiiito verde! E também o acho um pouco confuso para se trabalhar. Mas também é preciso começar-se por algum lado e o QGIS assim ganha um grande impulso nas suas capacidade de geoprocessamento.
    Relativamente a este ponto, às capacidades do QGIS e daquilo que eu ainda sinto que há um caminho a percorrer, tem a ver com o trabalhar com dados raster. Por exemplo, alterar simbologias de um raster não é um processo (a meu ver) simples, os esquemas de cores são limitados, é ainda impossível fazer uma reclassificação de um raster (passar de dados contínuos para discretos, por exemplo), etc.

    Sobre o seu trabalho, quero dar-lhe os parabéns pois está a fazer autêntico serviço público (nacional e internacional!) ao divulgar tanto conhecimento!
    Abraço

    • Pedro,
      Agradeço por suas palavras em elogio ao meu trabalho.
      Suas observações são bem realista. O QGIS tem se destacado como robusto software de SIG de código berto, mas certamente ainda pode ser aperfeiçoado em muitos aspectos, inclusive os que você citou.
      Espero continuar a contar com suas visitas e comentários.
      Abraço!

    • “alterar simbologias de um raster não é um processo (a meu ver) simples, os esquemas de cores são limitados, é ainda impossível fazer uma reclassificação de um raster (passar de dados contínuos para discretos, por exemplo), etc.”

      Eu acredito que tudo isso é possível com GRASS-QGIS. No meu Blog (http://joseguerreroa.wordpress.com/) tenho muitos exemplos de aplicações.

  10. Samuel disse:

    Anderson e demais colegas, não estou conseguindo utilizar os algoritimos da extensão sextante no Qgis, aparece, por exemplo: “SAGA folder is not configured” acho que a pasta não está configurada, como configuro?
    Valeu!

    • Samuel,
      Você tem que ter o software SAGA em seu computador e acessar as configurações do Sextante para informar a pasta onde o SAGA está localizado.
      Espero ter ajudado. Abraço.

  11. Ronis disse:

    Anderson,

    No final de semana consegui instalar seguindo seus tutorial.

    Abraços

  12. Assis Araujo disse:

    Anderson,

    QGis é uma grata surpresa a cada dia. Com o módulo Sextante…
    Estou aprendendo devagarinho, por pura falta de tempo.
    Sua dicas tem sido essenciais nesse aprendizado.
    Vou apresentar o software e algumas aplicações numa oficina aqui na UFPI no final do mês.
    Abraço..

  13. AgroHélder disse:

    Oi Anderson,

    Sim, utilizo o Plugin do GRASS via QGIS, inclusive este está funcionando corretamente.
    Pelo que li no manual do SEXTANTE a configuração é aquela, o Victor Olaya não comenta mais nada a respeito.

    Agradeço a ajuda,

  14. AgroHélder disse:

    Olá Anderson,

    Instalei o Sextante no QGIS entretanto não consigo fazer funcionar o Módulo do GRASS, tenho o GRASS instalado na máquina, e fis a seguinte configuração no SEXTANTE options and configuration:

    GRASS folder: C:Program Files (x86)GRASS 6.4.2
    GRASS help folder: C:Program Files (x86)GRASS 6.4.2docshtml
    Shell executable: C:Program Files (x86)GRASS 6.4.2msysbinmsysmnt.exe

    Mesmo assim os algoritmos do Módulo do GRASS não funcionam, tem alguma idéia do que pode estar ocorrendo?

    Os do SAGA estão funcionando corretamente.

    • Oi Helder, vou fazer uns testes aqui e te digo depois. Não tive como testar o GRASS via Sextante do QGIS.
      Você costumava usar o modulo GRASS nativo do QGIS antes?
      Abraço!

  15. Nelson Silva disse:

    Anderson, aqui fica uma dica para a questão do Samuel.
    No menu Configurações>Opções de ressalto (edição), pode-se selecionar as opções Avoid Int. e Habilita edição de topologia afim de se poder minimizar a introdução de erros entre polígonos.

    O ideal será sempre trabalhar com a estrutura GRASS que já permite a criação de topologia.

    Abraço,
    Nelson Silva

    • Obrigado Nelson por seu comentário e sugestão bem direta para o colega Samuel.
      Abraço.

    • Samuel disse:

      Valeu Nelson, sua dica me possibilitou fazer o que estava tentando! Abraço!

  16. geotecnologiasemeioambiente disse:

    Incrível! É um momento bastante marcante para a história do SIG Livre. Acredito que a integração do Sextante transforma o QGIS no único software livre capaz de fazer frente ao software comercial referência. Com mais algumas integrações de ferramentas, o QGIS será simplesmente imbatível. Tocando nesse assunto, algum dos amigos conhece algum material que compare todas as ferramentas e funcionalidades do Arc e do QGIS? Uma espécie de tabela ou coisa parecida?
    Abraços!
    Ótima notícia!

  17. sadeckgeo disse:

    Excelente dica! Realmente o QGIS está fantástico! Mas gostaria de estar dizendo isso para o TerraView… Infelizmente temos apenas 1 desenvolvedor fixo para ele… É sempre assim! Santo de casa não faz milagre!

  18. Patrick disse:

    Eu era um dos que sonhavam com esta integração.
    O QGIS está a um passo de se tornar o mais completo OpenGIS.
    Quem segura este aplicativo?
    Vou voltar a me dedicar ainda mais a ele.
    Abç

    • Patrick, eu também ansiava muito isso. Inclusive já havia comentado em posts anteriores sobre esse desejo.
      Vale a pena estudar este aplicativo.
      Deixou de vez mesmo o Kosmo SIG?
      Abraço!

      • Patrick disse:

        Não deixei o Kosmo não.
        Ainda o considero o melhor em edição vetorial.
        O caso é que estou me preparando para um projeto que exige conhecimento “intermediário” na trinca GRASS, R e QGIS.
        E tbm tem a questão que atinge a todos: o tempo.
        Defender a tese, preparar e lecionar aulas, escrever artigo, se manter atualizado (geop., free/opensource, linux)…
        Ainda bem que há pessoas como você para me ajudar a fazer parte do meu trabalho.
        : )
        Abç e parabéns.

        • Obrigado Patrick. Você viu nossos comentários em seu blog? Não pensa na ideia de deixar no ar os tutoriais que já havia publicado?
          Seria bom, pois em artigo da Ed. 2 da Revista FOSSGIS Brasil há até referências, com links para ele, sabia?
          Abraço!

      • Patrick disse:

        Vi os comentários no blog sim.
        Deixarei tudo online novamente.
        Fui utilizar o Kosmo para uma aula esses dias e precisei muito que aquele blog estivesse online : )
        Li a FOSSGIS, mas não tinha notado a referência.
        Abç

  19. Samuel disse:

    Que ótima notícia heim!!! Plugin já Instalado!
    Anderson gostaria de saber se exite no Quantum alguma ferramenta que faça a mesma função que a “trace” do ArcGIS?

    Valeu e vida longa e colaborativa aos sistemas livres…!

    • Ola Samuel, obrigado pelo comentário.
      Poderia brevemente explicar o que você desejar fazer de forma específica com essa ferramenta?
      []’s

      • Samuel disse:

        Sim, seria criar um polígono aproveitando uma parte (lado) de um polígono adjacente para a criação deste novo polígono, de modo que não fique espaço entre os polígonos, entende?
        Valeu!

  20. Ronis disse:

    Anderson,

    Tb segui os caminhos indicados para instalação do sextante, porem não aprece na relação de repositórios, marquei a caixa de mostrar todos os complementos, mas sem exito.

    Poderia me dar mais uma dica.

    • Ronis, você poderia enviar para meu e-mail (anderson@clickgeo.com.br) todos os print screen do seu passo a passo para ver se acho algum erro?
      Bom saber que conto com sua visita.
      Abraço!

  21. Lucas Alexandre disse:

    Boa tarde Anderson!
    Desculpe a ignorância, mas o que realmente faz o projeto SEXTANTE?
    Abraço!

    • Lucas, sua pergunta é importante e deve ser a mesma dúvida de outras pessoas.
      Como mencionei na postagem esse conjunto de ferramentas é desenvolvido como parte de um projeto que visa a criação de uma robusta aplicação para análise espacial. A palavra Sextante vem de “Sistema Extremeño de Análisis Territorial”.
      Veja os seguintes links:
      Canal no Youtube: http://www.youtube.com/user/sextantelibrary
      Blog oficial: http://sextantegis.blogspot.com.br/
      Qualquer coisa entre em contato. Obrigado pelo comentário e um abraço!

      • arnoldfiarn disse:

        Hola, a mí tampoco me resultó el plugin de Sextante, he marcado la opción “Mostrar los complementos, incluso los experimentales” pero aún así no logro obtenerlo.

        • Olá Arnold,
          Assim como falei para o Ronis, peço que envie para meu e-mail (anderson@clickgeo.com.br) todos os print screen do seu passo a passo para ver se acho algum erro. Ok?
          Um abraço e obrigado por sua visita e comentário.

  22. Carla disse:

    Oi Anderson,

    Então, minha conexão com a internet está normal, mas o complemento que vc indica para download não aparece na lista de repositórios.

  23. Já instalei mais é experimental (ferramenta pouco madura). Eu espero que trabalhe bem. Parabéns!

    • Guerrero, obrigado por seu comentário.
      Realmente esse é mais um trabalho brilhante da equipe de desenvolvimento do QGIS.
      Um forte abraço!

  24. Jorge Santos disse:

    Esse projeto não para nunca! Veja um breve histórico:

    – Ferramenta fundamental para o gvSIG
    – Integração com as principais ferramentas do GRASS GIS
    – Integração com os algoritmos do SAGA GIS
    – Integração com os algoritmos da Linguagem R
    – Integração com as ferramentas do ArcToolBox do ArcGISGIS 10
    – Integração (ufa!) como plugin no Quantum GIS

    Parafraseando o QGIS, esse projeto SEXTANTE é animal!

    • Jorge, seus comentários são mais que pertinentes. É muito bom ver esse desenvolvimento dos softwares livres e sua integração com diferentes plataformas de programas computacionais. Realmente, o QGIS está cada vez mais “animal”, como ele mesmo afirma.
      Abraço!

  25. jorgepsantos2002 disse:

    O SEXTANTE está impossível!! Fazendo um breve histórico desse programa, o conjunto de ferramentas SEXTANTE ganhou notoriedade como ferramenta fundamental para os usuários do gvSIG, mas o projeto não parou por aí: além das rotinas conhecidas, os desenvolvedores conseguiram integrar os principais algoritmos do GRASS GIS. Em seguida, todos os algoritmos do SAGA GIS foram adicionados. Não demorou muito tempo e o Projeto SEXTANTE incorporou as rotinas da Linguagem R. Sem perder o fôlego, o projeto integrou tudo isso aí no ArcGIS 10 e ArcGIS 9.3.1. Agora temos em primeira mão o lendário SEXTANTE aterrissando no Quantum GIS. Haja coração! Vida longa ao Projeto SEXTANTE!

  1. […] Extensão Sextante para Quantum GIS […]

  2. […] Extensão Sextante para Quantum GIS […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Curta: Portal ClickGeo